A juíza da Vara Cível da Comarca de Mangueirinha, sudoeste do Paraná, Aneiza Vanessa da Costa Nascimento, concedeu liminar para evitar invasão da Fazenda São Bento. Na ação está estipulada a multa diária de R$ 1.000,00 caso haja violação da decisão.

Conforme a juíza, a ação liminar de Interdito Proibitório foi deferida após alerta de  funcionários da fazenda e motoristas que transportam toras de que a área seria ocupada por grupos pessoas ligadas ao Movimento Sem Terra que estão acampadas  na localidade de Linha Conquista, próximo do local.

Segundo a juíza, a área é de propriedade legítima da empresa Casa Grande Indústria e Comércio de Madeiras, que desenvolve atividades de cultivo de pinus no local, comprovando a função social da terra. “São incontroversos os fatos relativos à propriedade e posse da autora sobre o imóveis há mais de cinquenta anos, bem como a exploração de atividades comerciais no local”, destaca a Juiza.

Na ação, o judiciário determina que os integrantes do MST fossem citados e apresentem,dentro do prazo, as respectivas defesas em relação a medida judicial.