A Fé em Deus, Esperança e Perseverança foram elementos essenciais, para juntamente com os conhecimentos da medicina, permitissem a luta pela vida de um adolescente palmense acometido por uma doença rara, há seis anos. Do risco inicial de nunca mais poder se mover, Natanael chegou ao estúdio da Rádio Club para contar da alegria de estar curado.

12380102_1532689147042255_130673070_n
  • Compartilhe no Facebook

Natanael aos 13 anos sendo carregado pelo pai.

Há seis anos, no mês de dezembro, Natanael Fragoso, hoje aos 20 anos, carregado pelos braços do pai, José Fragoso, estiveram na Rádio Club AM 1050, em Palmas, sul do Paraná, para relatar o drama vivido pelo menor e para pedir ajuda da população no sentido de oferecer, inclusive alimentos, para a família. Dado o problema, o pai teve que abandonar o emprego para cuidar do menor.

O relato era de que o menino, aos 13 anos, enquanto jogava futebol na escola perdeu as forças em suas pernas e caiu. Levado ao hospital, o diagnóstico indicava que Natanael havia sido acometido por síndrome de Guillain Barré, que conforme descreve a medicina, é uma doença rara autoimune que ocorre quando o sistema imunológico do corpo ataca parte do próprio sistema nervoso por engano. Isso leva à inflamação dos nervos, que provoca fraqueza muscular.

O quadro de Natanael indicava que não haveria cura e que se mantivesse vivo, passaria o resto de sua vida apenas mexendo os olhos. Passados seis anos, nesta segunda-feira(14), diferentemente do diagnóstico, Natanael, hoje aos 20 anos, chegou ao mesmo estúdio da Rádio Club caminhando e juntamente com seu pai vieram agradecer “e pagar a promessa de retornar quando o Natanael estivesse curado”, contou seu José emocionado.

Em seu relato o jovem contou que mesmo sabendo que seu quadro era complexo, nunca perdeu a esperança de um dia voltar a andar e sempre manifestando gratidão a DEUS, Natanael contou aos ouvintes que leva uma vida normal e que a doença não lhe deixou nenhuma sequela e até já voltou a jogar futebol e continuidade aos seus estudos. “Foi um grande presente de Natal”, disse o pai, que agradeceu a todos os que foram solidários materialmente e espiritualmente com a causa. Ressaltou também toda a dedicação dos profissionais da área de saúde que lhe dedicaram atenção especial durante o tratamento realizado através de neurologistas, fisioterapeutas, dentre tantas outras especialidades.

12376579_570507673102831_6725316442103376329_n
  • Compartilhe no Facebook

Após seis anos, volta ao estúdio da Club AM para agradecer e pagar promessa de voltar curado.