O livro elaborado pelo jornalista Roberto Ivan Rossatti faz uma breve retrospectiva sobre como o Rádio contribuiu para a organização e aglutinação social no Sudoeste do Paraná. Realiza também uma breve incursão sobre os registros históricos da Revolta dos Posseiros, evento que marcou a transformação do perfil econômico e social da região.

Acontecimento em que o Rádio, teve papel preponderante, como registram os documentos e obras consultadas para o livro.   “O Rádio era de fato, o único meio de comunicação com alcance naquele momento da história regional” afirma o autor.

Falta de estradas, matas fechadas, impediam o descolamento das pessoas que não raro, ficavam meses isoladas no meio do sertão. O analfabetismo também era um forte fator de bloqueio na interação social. Foi neste cenário que a Rádio Celinauta consolidou sua missão franciscana de estar sempre ao lado das grandes causas sociais.

Este é o tema principal da obra de registro histórico, que faz uma releitura da experiência do jornalista que começou a atuar no rádio como sonoplasta, no início da década de 1980, formando-se em 2004 em Comunicação Social com habilitação em jornalismo, e permanecendo em sua atuação profissional na Fundação Cultural Celinauta, no rádio e na televisão até os dias atuais.