Onze municípios localizados na região Sudoeste do Paraná figuram entre os quinhentos melhores  do pais em Educação, conforme o ranking dos 500 mais bem posicionados no Índice de Oportunidade da Educação Brasileira (IOEB), publicado pela Revista Exame no final de fevereiro.

O IOEB – Índice de Oportunidades da Educação Brasileira envolve dados desde a educação infantil ao ensino médio, nas redes municipal e estadual, considerando o conjunto da população  e não apenas os que estão na escola.  mO índice é formado por fatores como atendimento, aprendizado e aproveitamento escolar. Também leva em conta o IDEB dos anos iniciais e finais e taxa de matrícula do ensino médio.  Além disso, mensura a escolaridade dos professores, número médio de horas aula/dia; experiência dos diretores e taxa de atendimento na educação infantil.

Com base nestes quesitos e parâmetros, o município de Bom Sucesso do Sul, é um dos destaques aparecendo na sesta posição nacional, com índice de 5.8, sendo que o município com melhor colocação, Sobral (CE) atingiu 6.1.  O município de Bom Jesus do Sul com índice de 5.5 ficou em 48º no ranking nacional; Realeza (5,4) na 56º na lista dos melhores. O município de São João  ficou com a 114ª colocação, com o índice de 5,4; Enéas Marques (5.2) na posição 272. Com mesmo índice está Dois Vizinhos, na posição 302, Flor da Serra do Sul em 333º e Pato Branco, na posição 403.  Aparecem na lista ainda com índice de 5.1, os municípios de Boa Esperança do Iguaçu (422) e São Jorge do Oeste (477).

O município de Francisco Beltrão, com índice de 4.8, ocupa a  posição 1369 no ranking e Palmas com 4.1  na posição  3358.  A média do Estado do Paraná é 4.9 e do Brasil, 4.5.

ACESSE A PLATAFORMA

O índice foi idealizado pelo autor do IDEB – índice de Desenvolvimento da Educação Básica, Reynaldo Fernandes  e por Fabiana de Felício que ocupou a direção de estudos educacionais do INEP/MEC.