• Compartilhe no Facebook

Moacir foi socorrido pelo Samu, mas não resistiu e morreu no Pronto Atendimento. Foto de divulgação

Um instrutor de artes marciais, que também trabalhava como segurança, foi morto na manhã desta quinta-feira (17) em Realeza, no Sudoeste do Estado.

O crime aconteceu no centro da cidade. Moacir Lemes da Silva, 45 anos, foi alvejado por um disparo de arma de fogo. O tiro atingiu o homem na região do tórax. Socorristas do Samu prestaram atendimento, mas ele não resistiu e morreu ao dar entrada no Pronto Atendimento Municipal.

O autor do disparo já foi identificado, mas não localizado pela polícia. Durante a tarde, testemunhas prestaram depoimento à Polícia Civil. O corpo de Moacir foi recolhido ao IML de Francisco Beltrão.

 

Fotos: Douglas Kichel