A prefeitura de Bom Sucesso do Sul e o Grêmio Estudantil do Colégio Estadual Castelo Branco firmaram parceria  para desenvolver projeto de separação de lixo. A idéia é criar mecanismos de separação com lixeiras especificas para cada tipo de lixo e trabalhar a conscientização dos alunos. O tema é de tamanha relevância que pode ganhar amplitude para o município.

A iniciativa partiu do Grêmio Estudantil que esteve visitando o prefeito Antonio Celso Pilonetto, acompanhados do diretor do Colégio Valcir Folle. A presidente do Grêmio Rafaela Figura, junto com as integrantes do grupo Rosana Zambiazzi, Andrielly Comunelo e Maryeli Antonelli ressaltaram a preocupação com o ambiente do colégio e com o meio ambiente. “A gente vê muito lixo no chão e os alunos acabam não tendo onde separar cada tipo de material. Com uma parceria com o município podemos melhorar nossa ambiente e contribuir com a natureza”, entende Rafaela.

Pilonetto compartilha da opinião e disse que estará empenhado em apoiar a iniciativa do Grêmio e buscar desenvolver um projeto também no município. “Já estávamos pensando nesse tema e parabenizo as alunas e a direção do Colégio pela preocupação. Vamos discutir a melhor forma de contribuir e de repente ver mais parceiros para um projeto no município”, comentou o prefeito.

Ginásio de esportes

Na oportunidade as estudantes aproveitaram para comentar sobre a situação do ginásio de esportes, que aguarda obras de reforma desde 2014 por parte do governo do Estado. Pilonetto explica que o processo licitatório foi feito ainda em 2014 só que a empresa que perdeu a licitação entrou com recurso e o caso não se resolveu. “Estou encaminhando um ofício ao deputado Ademar Traiano, presidente da Assembléia Legislativa para que interceda junto a Secretaria de Estado da Educação. Temos que ter uma posição não é possível que os alunos continuem sendo prejudicados”, reforçou.