Um grupo de onze agricultores do município de Passos Maia, Oeste de Santa Catarina, estão comemorando o surgimento dos primeiros frutos nas plantações de figos recentemente implantadas no município. A produção de 12 mil pés em 12 hectares será destinada a uma  indústria no Rio Grande do Sul, que irá absorver toda a produção local.

Visando diversificar as atividades no campo e aumentar a renda das famílias, as plantações de figueiras foram feitas no final de 2013 e de acordo com o secretário de agricultura do município, Renato Lopes, a previsão de início de colheita está sendo antecipada.

A estimativa é de com a produção de 750 pés, por exemplo, seja possível colher de quatro a seis toneladas num prazo entre três quatro anos, desde o plantio. O clico produtivo de uma planta pode durar dez anos, dependendo do manejo.

“Os produtores investiram nas mudas cientes de que só começariam a colher depois de dois ou três anos, mas estão entusiasmados. Pelo que percebemos, já no segundo ano poderemos contar com uma quantidade de produtos para comercialização”, estima Renato. Pelo projeto, os agricultores são instruídos desde o plantio até a colheita para garantir a boa qualidade dos figos que serão enlatados em calda.