Empresários iniciaram uma mobilização para a reabertura do posto do Ministério do Trabalho em Pato Branco. As discussões ocorreram na Câmara de Vereadores coma presença de representantes da Associação Comercial e Empresarial local. Com o encerramento das atividades no início deste ano, a emissão de documentos está concentrado em Francisco Beltrão.

A coordenadora do Núcleo de RH Mariana Pegoraro, defendeu a necessidade de levar a questão a Brasília. Justificou que o processo de emissão da Carteira de Trabalho exige tempo e energia das empresas, atrapalhando a rotina corporativa.

Autor do convite aos empresários, o vereador Joecir Bernardi, relatou que inúmeras empresas tem reclamado da demora na emissão do documento. “Este documento é um dos mais importantes de nosso país, e permite aos trabalhadores o ingresso no mercado de trabalho, esta situação não pode continuar”, destacou. O presidente do Legislativo, Vilmar Maccari, considerou a reivindicação justa. A avaliação foi seguida pelo vereador, Claudemir Zanco.

O Núcleo Associação Empresarial agora irá encaminhar um documento as autoridades detalhando a importância do posto do Ministério do Trabalho não apenas para a cidade, mas para a microrregião, que utilizava a unidade local para solicitar a Carteira de Trabalho.O vice-presidente da Associação, Roberto Elias da Silva, salientou que a região ficou órfã deste importante órgão.

Fonte: Assessoria(Roberto Rossatti)