Dados referentes aos 50 maiores municípios do Paraná em população em 2015.
  • Compartilhe no Facebook

Dados referentes aos 50 maiores municípios do Paraná em população em 2015.

Há um ano, o RBJ publicou números do município de Palmas, sul do Paraná, referentes ao CadÚnico e ao programa Bolsa-Família, ambos de responsabilidade do Governo Federal. Na época, mais de 57% da população palmense se enquadrava dentro dos parâmetros estabelecidos pelo CadÚnico. Cerca de 7,8 mil palmenses declaravam renda entre R$0,00 e R$ 70,00 ao mês. Num comparativo com as 50 maiores cidades do Paraná em população, Palmas era a 1ª em percentual de habitantes cadastrados no CadÚnico.

Um ano depois, os números mudaram um pouco, mas a realidade é a mesma. Atualmente, com uma população estimada em 46.996 habitantes, Palmas tem 7.873 famílias cadastradas no Cadúnico, o que representa 23.262 pessoas, 49,49% de toda a população. O município, 38º em população no Paraná, hoje, é o terceiro entre os 50 maiores, em percentual de habitantes cadastrados, atrás de Guaratuba e Fazenda Rio Grande. Os números são do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS).

Em Palmas, 6.361 pessoas vivem com uma renda mensal entre R$ 0,00 e R$ 77,00. Outras 7.909 têm uma renda entre R$ 77,01 e R$ 154,00. Mais de 7,2 mil pessoas sobrevivem com ganhos de R$ 154,01 até meio salário mínimo ao mês, enquanto que 1,7 mil têm renda pouco acima de meio salário. No mês de maio, 3.017 famílias receberam o Bolsa-Família no município, totalizando mais de R$ 423,8 mil, uma média de R$ 140,47 por família.

Dos municípios do sudoeste, Dois Vizinhos aparece na 39ª posição, entre os 50 maiores, com 25,63% de sua população no CadÚnico. Pato Branco é o 42º com 24,69% (19,2 mil pessoas) e Francisco Beltrão o 45º com um percentual de 23,49% dos beltronenses cadastrados.

Em nível de Estado os números também reduziram. No ano passado eram 3,9 milhões de cadastrados, cerca de 36% da população do Paraná. Um ano depois, o número de cadastrados caiu para 3,6 milhões, 32,5% do total de habitantes do Estado. No último mês, foram repassados mais R$ 56,1 milhões através do Bolsa-Família, para as 387,8 mil famílias beneficiárias do programa no Paraná.

No Brasil são cerca de 81,5 milhões de cadastros no CadÚnico, 39,88% da população brasileira. Somente no mês de maio, as 13,7 milhões famílias beneficiadas pelo Bolsa-Família receberam mais de R$ 2,3 bilhões, uma média de R$ 167,95 por família.