Por GD

“O maior número de mortalidade da população jovem brasileira é entre 10 a 24 anos de idade é marcada pelas coisas externas, que englobam agressões, homicídios, suicídios, acidentes, afogamentos entre outros, com diferenças marcantes por faixa etária.

Já na população entre 10 e 14 anos de idade, os acidentes de transporte, ocupam o primeiro lugar, os afogamentos em segundo lugar, em terceiro. Entre as faixas de 15 a 19 anos e de 20 a 24 anos, os homicídios representam a principal causa de morte superando todas as outras causas de morte violentas e todas as enfermidades.

Nas ultimas décadas a mortalidade da população jovem apresentou acentuado aumento, configurando-se importante indicador para a definição de política de saúde para a população jovem. Essa política contempla medidas educativas, de vigilância e de assistência, voltada a contribuir para a prevenção e identificação de problemas desde a idade infantil até jovens e adultos, e o uso e dependência de drogas e álcool. São questões que devem ser pensadas com profundidade e com urgência”.

Udenir Gabiatti
Secretaria de Saúde de Saudade do Iguaçu