Por Evandro Artuzi 

O setor de segurança pública foi agitado em Sulina na manhã desta terça-feira (30). Por volta das 07h45, um incêndio destruiu uma residência na Rua Dom Pedro II. A moradia ficava nos fundos de um supermercado. O proprietário, Joélcio Martini, disse ter saído para trabalhar e logo em seguida foi avisado que a residência estava em chamas.

O Corpo de Bombeiros de Chopinzinho foi acionado, mas nem chegou a deslocar sua equipe ao local. Conforme o Agente Alcir Hengen, da Defesa Civil, quando a equipe estava na comunidade do Lagoão, em Chopinzinho, recebeu a informação que o deslocamento até Sulina não se fazia necessário, pois a casa já havia sido totalmente destruída pelo fogo.

Além do incêndio, a Polícia Militar registrou um arrombamento na Agência de Correios, situada na Rua Tupinambá, Centro. Conforme o Sargento Mario Opuchkevicz, Comandante da Polícia Militar, elementos adentraram na agência após arrombar também um Consultório Adontológico que fica ao lado. No Correio, com um maçarico, abriram o cofre e furtaram todo o dinheiro, cujo valor não foi revelado pela gerencia.

Do consultório foi furtado um Notebook. A Polícia Civil foi informada e juntamente com a Polícia Militar buscas pelos autores do arrombamento e furto. O que chamou a atenção da polícia é que o sistema de alarme nem chegou a ser acionado. Dessa forma, acredita o Sargento, que se trate de pessoas com experiência nesse tipo de delito. “O sistema de alarme dispara em nosso telefone e no celular do gerente, mas nenhum foi acionado”, disse Sargento Mario.