Por Ivan Cezar Fochzato

A implantação de seis parques eólicos a trinta quilômetros de Palmas, Paraná, entretanto em território do município catarinense de Agua Doce, tem motivado a proprietária do empreendimento energético, a IMPSA, multinacional de origem argentina, a desenvolver o trabalho de orientações das potencialidades energéticas a partir dos ventos à população regional.

 

Na última semana nas dependências do Centro de Convivência do Idoso, em Água Doce, foi realizada a palestra que abordou as fontes renováveis de energia, em especial a energia eólica.Participaram cerca de 300 pessoas, estando entre estas, os engenheiros das empresas Impsa e Ambiens Consultoria Ambiental, direção, professores e alunos de escolas.