Desde sábado (25) a coleta de lixo está paralisada no município de Francisco Beltrão. O impasse acontece pela falta de pagamento de horas-extras aos trabalhadores da coleta de lixo. O serviço segue suspenso até quarta-feira (01), ao meio-dia.

Neste domingo (26) aconteceu uma reunião entre a administração municipal e o sindicato que representa os trabalhadores, mas não foi fechado acordo. Enquanto isso, o lixo segue acumulando na cidade. Segundo informações repassadas a Onda Sul FM, dois caminhões estão fazendo a coleta em alguns bairros e área central do município.

Os trabalhadores alegam que a prefeitura cortou o pagamento das horas–extras e, que não receberam o pagamento referente ao mês de dezembro de 2016. Na manhã de hoje (27) o Vereador e Presidente do Sindicato dos Servidores Municipais, José Carlos Kniphoff esteve na Onda Sul FM para falar sobre a situação. “Ouve uma tentativa de acordo, eles pediram 12 horas-extras semanais, o prefeito ofereceu 10, então ficou esse impasse”.

Frente a toda essa situação, o prefeito Cleber Fontana (PSDB) fez mais uma proposta a categoria, a qual vai analisar a partir das 18 horas, quando acontece reunião na sede da AFM (Associação dos Funcionários Municipais).

Kniphoff acredita que após a reunião, um acordo deve fechar a negociação e os serviços retomados o quanto antes, “depois que sai da rádio, teve umas pessoas que me ligaram, os próprios garis comentaram e propuseram de eu conversar novamente com o prefeito. Ao meio-dia, o prefeito me ligou e falou da legalidade e ilegalidade das situações. Me apresentou uma proposta, a qual vou apresentar hoje de tarde para o pessoal que faz a coleta de lixo. A impressão que tenho é que a gente consiga chegar num consenso hoje e resolver a situação”.