Aliar as práticas de recomposição de mata ciliar e a construção de estruturas que garantam a proteção de nascentes e recuperação de fontes. As ações ocorrerão através de parceria firmada entre os vereadores de Palmas sul do Paraná, Edson Ferreira Kemes e de Capitão Leônidas Maques, Edelano Rohers que desenvolvem projetos ambientais com o mesmo propósito em ambos municípios.

No final de semana, os edis participaram de um encontro onde apresentaram as experiências do projeto Proteja Uma Nascente desenvolvido em Palmas, Sul do Paraná, desde 2015 e o Água Pura no município do Oeste Paranaense.“Estivemos buscando apoio, conhecimento e parceria com o vereador Edelano que faz um brilhante trabalho. Vamos fazer uma parceria entre os dois municípios para a troca de experiências e ações práticas”, contou o vereador palmense.

A proposta é que as experiências desenvolvidas em Capitão Leônidas Marques sejam aplicadas em Palmas e os procedimentos do trabalho de recomposição das matas  ciliares no município do oeste do Estado.

a258145a-36e0-4fc8-b05e-d16adf674a4e
  • Compartilhe no Facebook

Ver. Edelano foi homenageado pelo seu trabalho

Em maio deste ano, o Programa Água Pura completou 4 anos e já proporcionou a recuperação de aproximadamente 300 fontes, beneficiando 27 comunidades, garantindo 3 milhões de litros de água potável a população da cidade e interior. A iniciativa vem recebendo reconhecimento através de várias homenagens e prêmios.

O Proteja Uma Nascente surgiu da preocupação do mecânico/vereador palmense em garantir água potável para as gerações futuras. Para isso vem reconstituindo a mata ciliar do rio Caldeiras e  de outros  que abastecem a população de Palmas, desde 2015, inicialmente com o apoio de seu pai e familiares. Ao longo do tempo, o projeto passou a receber apoio do IFPR, SESI, Rotary Club,  Colégio Sebastião Paraná, Sanepar e Poder Público – Executivo e Legislativo. Recentemente foi inserido nas ações da ONG Protetores da Natureza.

Foi selecionado pelo Comitê da Organização das Nações Unidas(ONU) e foi apresentado durante a 4ª Conferência em Pesquisa para a Educação Executiva Responsável(PMRE). A iniciativa também recebeu premiação do Prêmio ODS – Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) pelo SESI e ONU.