Durante esta semana, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) está realizando em Palmas, sul do Paraná, a Pesquisa Nacional por Amostragem Domiciliar (PNAD). Quatro pesquisadores estão trabalhando no município, que foi dividido em 5 setores (quatro do perímetro urbano e um no interior). O levantamento, que abrange todas as regiões do país, também será realizado nos municípios de Cruzeiro do Iguaçu, Francisco Beltrão, Itapejara D’Oeste e São Jorge D’Oeste, sudoeste do Estado.

A chefia do IBGE de Palmas solicita à população para que atenda aos pesquisadores, fornecendo as informações corretas e fidedignas. Os dados são sigilosos e serão utilizados para fins estatísticos. Os questionamentos devem durar entre 20 e 40 minutos, dependendo do número de pessoas residentes no domicílio.

O Instituto alerta que os entrevistadores portam crachá oficial do IBGE e o computador de mão (PDA). Não é solicitado qualquer documento, tampouco assinaturas.

A Pesquisa é realizada anualmente e representa um dos levantamentos mais importantes do IBGE, coletando informações sobre características demográficas e socioeconômicas da população, como sexo, idade, migração, educação, trabalho e rendimento, além de características dos domicílios, sua estrutura e acessibilidade em serviços como água, energia elétrica e esgoto. Esses dados servem de base para a elaboração de políticas e ações governamentais para o desenvolvimento de todas as regiões do Brasil.