O município de Honório Serpa, integrante da microrregião de Palmas, completa 26 anos de emancipação político-administrativa nesta sexta-feira (16). Eventos nas áreas artística e cultural estão sendo preparados para a comemoração.

Entre os dias 22 e 24, a prefeitura municipal promoverá o I Fest Serpa (Festival Municipal da Canção). Na primeira noite ocorrerá a eliminatória das categorias infantil e infanto-juvenil; Na sexta-feira (23), a eliminatória da categoria adulto; e na última noite, a final das três categorias. Os cinco primeiros colocados de cada categoria receberão premiações em dinheiro, além de troféus. Ao todo, serão R$ 6 mil em premiações. No sábado (24) ainda acontece o show nacional com a dupla Jeann & Julio.

Histórico

Desmembrado de Mangueirinha, o município de Honório Serpa tem sua origem na história da família Serpa, que chegou à região de Palmas por volta do ano 1896, fugindo do Rio Grande do Sul, palco da revolução Federalista. O patriarca, Diógenes Serpa, juntamente com a esposa, Dona Eufrásia, e os filhos, Ozório e Honório, percorreu o trajeto de Santa Maria até os campos de Palmas a pé, apenas com os pertences pessoais. Após atravessar o Rio Chopim, a família chegou à propriedade de Paulo de Siqueira, onde se estabeleceu.

Em 1914, Honório se casou com Maria Joaquina, filha adotiva de Siqueira, tornando-se assim capataz da fazenda. Em 1925 recebeu como herança dois mil alqueires da fazenda, fortalecendo-se econômica e politicamente com o apoio do sogro.

Simpático das causas do tenentismo, tinha em Luís Carlos Prestes seu líder. Percorreu a região à cavalo, fazendo campanhas políticas e trazendo no pescoço um lenço verde, que o identificava como simpático às causas de Prestes.

Da primeira povoação da localidade, nomeiam-se pioneiros, além da família Serpa, as famílias Bufon, Brito, José Madureira, Sebastião Eleutério, José Antônio Ozório, Helpídio dos Santos, Beto Madureira, Crescêncio Ferreira, Juventino Cordeiro, Noredin dos Santos.

Em 11 de agosto de 1964, pela Lei n.º 4.901, foi criado o distrito de Honório Serpa, denominação sugerida pelo então deputado estadual Arnaldo Busato. Pela Lei n.º 9.184, de 8 de agosto de 1990, foi criado o município, com território desmembrado de Mangueirinha, sendo instalado em 1º de janeiro de 1993.