São frequentes as notícias e registros no setor policial da prática de furto de bovinos nas propriedades rurais da região. Outra prática que preocupa é morte dos animais, muitos com alto valor comercial, apenas para retirada de partes, abandonando o restante das carcaças, ocasionando prejuízos e indignação aos proprietários.

Em meio a essas situações, um relato de uma mãe durante a programação da Rádio Club AM de Palmas/PR, na manhã desta sexta-feira, motivou revolta e indignação de muitos ouvintes. Relatou emocionada e preocupada, Ana Carolina dos Santos, que sua mãe criava uma única vaca em uma pequena chácara próxima do perímetro urbano até que na tarde da última quarta-feira, pessoas adentraram na propriedade, mataram o animal, retiraram parte nobre da carne e abandonaram o restante às margens de um rio.

O detalhe que chama ainda mais atenção é que a vaca era a única fonte de leite para um bebê de nove meses de idade. “É o leite que foi tirado da boca de uma criança. Era a única vaquinha que a mãe cuidava com carinho e gastava com o trato”, disse a mulher.

Em seu desespero pediu providências ao fato e questionou o motivo do porque  fizeram isso com o animal e também com o bezerrinho, que sangrava muito, uma vez que também sofreu ferimentos na cabeça, possivelmente por pauladas.