Arma de propriedade de Douglas Nunes da Silva, 24 anos. Fato Sudoeste
  • Compartilhe no Facebook

Arma de propriedade de Douglas Nunes da Silva, 24 anos. Fato Sudoeste

Um homem de 24 anos morreu ontem (28) a noite em Salto do Lontra, após ter sido ferido a tiros pela Polícia Militar.

O fato ocorreu durante uma abordagem, após a polícia ter recebido uma denúncia anônima. Ao perceber a aproximação da polícia, Douglas Nunes da Silva sacou sacou um revólver da cintura e, antes que atirasse contra os policiais, foi atingido no peito por dois tiros de pistola calibre ponto 40.

Ele chegou a ser socorrido, mas morreu ao dar entrada no hospital em Salto do Lontra. O corpo foi recolhido ao IML de Francisco Beltrão. A arma que ele portava trata-se de um revólver calibre 22, com numeração raspada e cinco munições intactas. Douglas havia sido denunciado momentos antes por ter sido visto com a arma nas proximidades do cemitério municipal de Salto do Lontra.

O fato será apurado pela Polícia Militar que deve instaurar um IPM (Inquérito Policial Militar). Também será instaurado inquérito policial por parte da Polícia Civil de Salto do