por Alencar Pereira

 

O Instituto Médico Legal (IML) de Palmas, sul do Paraná, constatou que a morte de  Luis Carlos D Vitter, 49, na noite desta terça-feira (02) foi devido a uma hemorragia cerebral, causada por uma pancada na cabeça.

 

Segundo informações a vítima estava em um bar no bairro Lagoão, quando acabou discutindo com Rafael Souza Santos, 20. Luis Carlos acabou entrando em luta corporal com Rafael e foi atingido por vários golpes de facão. O Corpo de Bombeiros foi acionado por populares para prestar socorro à vítima, a qual recusou atendimento.

 

Relatos de freqüentadores do bar dão conta que Luis Carlos, após o ocorrido entrou em seu veículo e deslocou-se até a Unidade Central de Saúde. Ele estava embriagado e com ferimentos graves na região da cabeça, braços e costa. Luis Carlos não resistiu aos ferimentos, vindo a óbito.

 

O autor da agressão foi preso minutos depois em sua casa no loteamento Frei Galvão. Rafael vulgo “marginal” foi entregue na delegacia de Polícia Civil, juntamente com o facão.