O mistério que envolvia o achado de um cadáver na SC-350,rodovia que liga Água Doce (SC) a Caçador (SC),teve fim na última semana. Trata-se de Valdemiro Baranesk,70 anos, natural de General Carneiro, sul do Paraná. O corpo foi reconhecido por uma filha do idoso que reside no município paranaense.

O cadáver foi encontrado no dia 22 de julho por um motorista que passava pela rodovia e acionou a Polícia Militar de Caçador para averiguar o caso. Na ocasião, houve a suspeita de que se tratava de Abel Siqueira ou Euclides Ferreira de Jesus, ambos de Palmas, sul do Paraná, e que estão desaparecidos desde o mês de junho, hipótese logo descartada, após o departamento de jornalismo da Rádio Club manter contato com o Instituto Geral de Perícias (IGP) de Joaçaba (SC).

Um dos fatores que dificultou a identificação, foi que a vítima não portava qualquer documento. A informação da localização do corpo foi repassada através da rede interna do IGP, que chegou ao conhecimento de familiares da vítima em General Carneiro.

Conforme os peritos que atenderam o caso, logo que o corpo foi encontrado não foram constatadas lesões e nem marcas de possíveis agressões ou atropelamento. Após análise, a perícia apontou que o idoso veio a óbito por uma parada cardiorrespiratória causada pelo frio extremo.Logo após a identificação, o corpo foi liberado aos familiares para o sepultamento.

Palmenses desaparecidos

Família continua buscas a palmense desaparecido. Desde o dia 14 de junho, a família procura por Euclides Ferreira de Jesus.

Mais um palmense desaparecido. Abel Siqueira desapareceu no interior de Passos Maia(SC).