A Polícia Civil de Palmas, sul do Paraná prendeu em flagrante Valdeli Antunes Machado 47 anos, no momento em que ele tentava extorquir 1000 reais de uma pessoa se passando por Policial. A vítima desconfiou da atitude do rapaz e ligou para a Polícia relatando o fato. Durante um dia a Polícia Civil monitorou o falso policial e no momento do encontro com a vítima deu voz de prisão ao elemento.

Mesmo sendo detido Valdeli apresentou aos policiais uma carteira de Investigador e disse que estava somente trabalhando. Em contato com o investigador João Maria Sabatke, Superintendente da DP de Palmas, o RBJ foi informado que o homem é natural de Cascavel no Oeste do Estado e que a carteira que ele apresentou é de uma empresa que oferece curso online de Detetive Particular. No carro do rapaz os polícias encontram vários objetos de uso da Polícia.

Durante o trabalho de investigação a Polícia Civil teve conhecimento que o falso investigador procurou a vítima, Renato Wilson Gonsalves 26 anos, porque sabia que ele possuía mandado de prisão e que os 1000 reais seriam para revolver os problemas de Renato com a Polícia. O que o falso Policial não sabia é que o mandato havia sido revogado. Valdeli Antunes Machado foi preso e conduzido a delegacia de Palmas para procedimentos cabíveis ao caso.