A Polícia Civil de Abelardo Luz (SC), há 40 quilômetros de Palmas, sul do Paraná, cumpriu na manhã de hoje (17), mandado de prisão preventiva contra Edilson Zanon Pertile, suspeito de extorsão contra um empresário da cidade. As investigações iniciaram no mês de março, quando o empresário, compareceu na Delegacia de Polícia, apresentando uma mensagem recebida em seu telefone celular, onde o suspeito se identificava como membro de uma organização criminosa e solicitava “patrocínio” para financiamento da facção que estaria se instalando em Chapecó (SC). Em troca, o bandido oferecia “proteção” para o empresário e sua família.

Na mesma mensagem, a família do empresário foi ameaçada de sequestro, caso não houvesse colaboração com o criminoso. Além disso,  o Delegado de Polícia de Abelardo Luz, Dr. João Luiz Miotto, também foi alvo de ameaças, por supostos “prejuízos”, devido à uma grande apreensão de drogas pertencentes a referida organização criminosa.

No decorrer das investigações a vítima e sua família continuaram sofrendo ameaças, porém, em nenhum momento a Polícia ou a vítima cederam às pressões. Foram mais de 15 dias de negociações com suspeito até que o mesmo fosse identificado, sendo que foi representado pelo Delegado Miotto, junto ao Judiciário pela prisão preventiva, o que foi deferido pelo juiz da Comarca.

O Delegado de Polícia ressalta que em casos dessa natureza, a policia deve ser acionado de imediato, , pois a Polícia está preparada e possui mecanismos de inteligência para identificar e prender o suspeito. Os trabalhos continuam para identificar eventuais comparsas de crime, bem como, se Pertille realmente possui envolvimento na grande apreensão de drogas ocorrida no ano passado e se está ligado a alguma facção criminosa, pois recentemente esteve preso no Presídio Regional de Xanxerê.

Mensagem recebida pelo empresário