Ronaldo Savi, 32 anos, chegou a ser socorrido, mas não resistiu.
  • Compartilhe no Facebook

Ronaldo Savi, 32 anos, chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

A noite de terça-feira (20) foi marcada pela violência no interior de Nova Esperança do Sudoeste, na microrregião de Francisco Beltrão. O agricultor Ronaldo Savi, 32 anos, foi morto com um tiro na cabeça. O crime aconteceu na casa dele, na comunidade de Linha Varanda, por volta das 22 horas.

De acordo com a Polícia Militar, Ronaldo foi surpreendido quando chegava em casa. Pelo menos cinco disparos foram efetuados na direção dele. Desses, quatro acertaram o capô do veículo e um transfixou o para-brisa atingido a vítima na cabeça.

Ronaldo Savi chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu ao dar entrada no Hospital Municipal de Nova Esperança do Sudoeste. O corpo foi recolhido ao IML de Francisco Beltrão. A Polícia Civil de Salto do Lontra foi acionada e esteve na casa da vítima, junto com a Criminalística que periciou o veículo. Conforme a polícia, nenhum suspeito teria sido visto na comunidade.