Crime ocorreu nas proximidades de um colégio. Foto: Evandro Artuzi
  • Compartilhe no Facebook

Crime ocorreu nas proximidades de um colégio. Foto: Evandro Artuzi

O clima de tranquilidade dos últimos dias no setor de segurança na cidade de Dois Vizinhos, no sudoeste do Estado, foi interrompido ao meio desta quinta-feira (18), com o registro de um homicídio. Um homem de 39 anos foi morto em frente a um colégio, na esquina das rua das Orquídeas com a Girassóis, no Bairro Jardim da Colina.

A vítima, Leomar da Silva, popular Magrão, foi atingida no abdômen por um disparo de espingarda e morreu antes mesmo de ser socorrido. O suspeito pelo crime é um homem que estava com um carro de cor escura, porém ninguém soube precisar o modelo. Segundo moradores do local, Leomar caminhava pela rua quando o veículo se aproximou e o motorista atirou.

A Polícia Militar realizou buscas, mas nenhum suspeito foi encontrado. O local do crime foi isolado pela polícia para perícia da Criminalística. Em seguida, o corpo foi recolhido ao IML de Francisco Beltrão. A Polícia Civil conversou com moradores, mas poucas informações foram obtidas, adiantou o delegado de Dois Vizinhos João Marcelo Renk Chagas, que inclusive está pedindo o auxílio da comunidade para identificar o responsável pelo crime.

Leomar da Silva era profissional da construção civil e estava trabalhando em um obra nas proximidades do local onde foi morto. O patrão dele, Luiz Carlos dos Santos, afirmou que era um bom funcionário. ” Não fazia muito tempo que estava trabalhando pra mim, mas cumpria com suas obrigações bem certinho e nunca reclamou de ninguém, só hoje de manhã que ele chegou bastante agitado e disse que tava com uns problemas, por isso ia encher a cara depois do trabalho”, contou Luiz.