Um homicídio com requintes de crueldade foi registrado em Capanema ontem (04) a noite. O crime ocorreu em uma propriedade rural na comunidade de Marechal Lotte, proximidades do canteiro de obras da Usina hidrelétrica do Baixo Iguaçu, distante cerca de 30 km da cidade.

O homicídio envolveu três homens que estavam acampados no local, trabalhando no corte de madeira. A Polícia Militar foi acionada por volta das 23 horas, depois que os suspeitos pelo crime estiveram em um bar e contaram que tinham assassinado uma pessoa, inclusive mostrando um dedo da vítima como prova. No local da ocorrência foi encontrado o corpo carbonizado.

Conforme a PM, a vítima trata-se de Paulo Roberto Vera de Mattos, que teve o corpo carbonizado após ter sido morto a facadas. A Criminalística foi acionada e esteve no local junto com a Polícia Civil. Após o levantamento de dados e perícia, o corpo foi liberado e recolhido ao IML de Francisco Beltrão. Os suspeitos pelo crime fugiram levando o carro da vítima e não foram encontrados pela polícia, que fez buscas durante a madrugada.

O pai da vítima esteve no local e e ficou chocado com a cena. revoltado, pediu justiça. Segundo ele, Paulo Roberto saiu de casa na segunda-feira de manhã com os dois amigos.