Por Larissa Mazaloti

 

O secretário estadual do trabalho, emprego e economia solidária do Paraná, Luis Claudio Romanelli esteve em Francisco Beltrão para a solenidade de assinatura do termo aditivo do programa de aquisição de alimentos – compra direta. Lideranças políticas e agricultores familiares também estiveram no Centro de Eventos no Parque de Exposições e participaram do evento. Os objetivos do programa são complementar a alimentação preparada e ofertada em instituições sociais para famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social e/ou de insegurança alimentar e nutricional; fortalecer a agricultura familiar por meio da geração de renda e promover o desenvolvimento local por meio do escoamento da produção no próprio município.

 

A compra direta beneficia diretamente o agricultor familiar que consegue comercializar o que produz de forma garantida. De acordo com a chefe do escritório regional da secretaria estadual do Trabalho, Clarice Spada que promoveu o evento, o programa é positivo.

 

O secretário estadual Luis Claudio Romanelli fala sobre o programa no Paraná e ressalta a aplicação do programa no sudoeste.
Ele garante que isso melhora muito para a família que trabalha na agricultura familiar.

 

Parte da merenda escolar é composta por estes produtos adquiridos através da Compra Direta. O Colégio Agrícola por exemplo já sente a diferença na hora das refeições. Mas outro ponto positivo é que os alunos e alunas percebem que as possibilidades de rentabilidade no campo podem aumentar.

 

A secretária municipal de Agricultura de Francisco Beltrão, Denise Adamchuck afirma que para os produtores locais o programa significa valorização.