por Ivan Cezar Fochzato
fonte: Polícia Civil

 

Foi preso em flagrante em Pato Branco, Vandervan Gilberto Tamanho,52,acusado de praticar golpes do bilhete premiado em todo o sul do país.Foi preso por policiais militares do 3º BPM, no início da tarde desta terça-feira,30, enquanto aguardava em frente ao banco a vítima sacar dinheiro em troca de um “suposto” bilhete da mega sena premiado.

De acordo com o delegado chefe da 5ª SDP, Ivonei Oscar da Silva, VANDERVAN, acompanhado de um casal, até presente momento não identificado, abordaram a vítima na saída de um supermercado na cidade de Pato Branco e lhe disseram que estava de posse de um bilhete com prêmio de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais) e lhe propuseram dividir o prêmio, com a condição de a vítima entregar-lhe a título de garantia a importância de R$ 100.000,00 (cem mil reais), alegando que não conseguiam sacar o prêmio porque não estavam portando seus documentos pessoais necessários para o saque.

Na abordagem inicial VANDERVAN mentiu o nome para os militares alegando se chamar VANDERLEI, mas na Subdivisão acabou por sendo descoberto sua verdadeira identidade, ou seja, VANDERVAN GILBERTO TAMANHO, onde foram checados seus antecedentes criminais, apurando-se que possui mais de vinte processos e inquéritos, além de pesar em seu desfavor cinco mandados de prisão, nos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, por crimes similares.

Em crimes desta espécie não se pode olvidar que na sua grande maioria se perpetram graças à contribuição das vítimas, vezes por ingenuidade, vezes pela ganância por pensar que estarão obtendo vantagem, finaliza o Delegado Ivonei dizendo que “a ambição cega à razão”.

Está sendo efetuado um levantamento nos Boletins de Ocorrência por delitos desta natureza para contatar as vítimas, a fim de reconhecimento de pessoa e caso positivo, instauração de novos inquéritos policiais.