Postado por Evandro Artuzi
Fonte: Assessoria Sebrae

Gerenciamento de obras, planejamento e cronogramas, monitoramento, controle de documentos e projetos, qualificação de mão de obra, segurança e organização foram alguns dos temas discutidos na noite da última terça-feira, dia 28, em Pato Branco, por mais de 40 profissionais do setor da construção civil. O evento “Promoção para a Melhoria na Gestão do Canteiro e Aperfeiçoamento para os Gestores” foi realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Paraná (Senai-PR) e Sebrae/PR com objetivo de despertar o interesse de profissionais da área para melhoria de processos e serviços na obra.

 

A palestrante, Tais Katzwinkel, engenheira mecânica formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC/PR), pós-graduada em Gestão da Qualidade pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e consultora no Senai-Cietep, descreveu situações cotidianas em canteiros de obras e apontou soluções para melhorar a gestão dos processos. “Gestão de obras se resume ao gerenciamento de uma obra com a meta de atingir o que foi planejado. Ou seja, cronograma, materiais, mão de obra e a parte financeira, com atividades voltadas para assegurar que o que está planejado aconteça”, comentou.

 

Tais alerta que, para evitar problemas, é preciso planejar a execução de cada etapa. “Desde o planejamento inicial – análise e viabilidade, até no canteiro de obra com a organização dos materiais, escolha de fornecedores, da mão de obra, enfim, tudo o que vai influenciar na construção tem que ser pensado antes da execução”, explicou.

 

Para a especialista, não é difícil implantar um sistema de gestão na obra. “O que acontece com frequência é que o tempo é mal utilizado. Usam muito tempo para executar e pouco para planejar. E aí usam o tempo para resolver problemas. Então planejar melhor ajuda com que a obra acontece dentro do que foi previsto”, completou.

 

O estudante de Engenharia Civil da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e administrador de uma construtora em Pato Branco, Clóvis Padoan Filho, aprovou a iniciativa. Ele e mais cinco funcionários da empresa assistiram à palestra no Senai. “A palestra foi pertinente porque é um processo que estamos passando hoje e a construção civil é um mercado cada vez mais competitivo, logo exige mais planejamento. Como falou a Tais, quando você evita problemas, evita aumento de custo e evita atrasos passa a ter mais qualidade de serviço e ambiente de trabalho melhor, tanto internamente como com o cliente”, analisou.

 

Para o consultor do Sebrae/PR em Pato Branco, Gerson Miotto, a palestra abordou diversos assuntos importantes para a execução de uma obra, que envolve diversas variáveis. “Orçamento, prazos, planejamento e qualificação da mão de obra são fatores que ajudam na qualidade da gestão. A construção civil exige, a cada dia, mais conhecimento e tecnologia para atender o mercado consumidor exigente e que vem nos últimos anos em crescimento. Por isso, da importância de eventos e da continuidade no atendimento a empresas e profissionais no canteiro de obras”, salientou.

 

A gerente do Serviço Social da Indústria (Sesi)/Senai Pato Branco, Márcia Painin ressaltou que o encontro atingiu seu objetivo de despertar empresas e profissionais para o tema. “Depois desse primeiro contato, vamos disponibilizar também um atendimento no canteiro de obras com consultorias e qualificação, através de treinamentos e programas específicos para a construção civil”, apontou.

 

O treinamento também foi realizado em Francisco Beltrão na noite desta quarta-feira, dia 29 e contou com a participação de 47 pessoas.