Por Evandro Artuzi

Paulo Opermann foi encontrado em óbito no início da tarde desta quarta-feira (08), na comunidade de Linha Perobal, interior de São Jorge D´Oeste. Paulo cometeu suicídio por meio de asfixia mecânica (enforcamento), utilizando-se de uma corda que foi amarrada nos pés de uma mesa de concreto e numa árvore.
Segundo informações da polícia, a vítima foi até o local com seu veículo, um Fiat Pálio, e cometeu o ato. Sobre o banco do carro, um bilhete foi encontrado. A escrita dizia apenas que era para avisar o João Opermann, na prefeitura de São Jorge D´Oeste.
Paulo Opermann era gerente da Granvel Veículos, revenda Renault, de Francisco Beltrão. Além de trabalhar na empresa também residia em Francisco Beltrão. Conhecidos, familiares e colegas de trabalho ficaram surpresos com o fato. O corpo foi removido ao IML de Francisco Beltrão.