Com previsão de geada para este final de semana, a Sanepar alerta à população para que proteja seus hidrômetros nos dias de frio intenso. A queda das temperaturas e as geadas podem congelar a água dentro dos medidores de água e provocar o rompimento das tubulações que ficam expostas, causando a interrupção do abastecimento.

A sugestão é que os moradores cubram o relógio e os canos aparentes com caixas de papelão, pedaços de plástico, lonas, ou com outros tipos de material que impeçam o acúmulo de gelo. Outra medida eficaz é fechar o registro à noite, para evitar o acúmulo e o congelamento da água dentro do equipamento e da tubulação. O gerente da Sanepar, Renato Mayer Bueno, explica que o material de proteção deve ser de fácil remoção para facilitar o trabalho do leiturista no momento de aferir o volume de consumo.

Em Palmas, no ano passado, 160 imóveis tiveram desabastecimento pelo rompimento das tubulações e cavaletes. Outros 143 casos ocorreram em General Carneiro, na mesma região.

A previsão é de geadas, de intensidade moderada a forte, neste sábado (10) e no domingo (11), nas regiões de Palmas, Pato Branco, Laranjeiras do Sul. Conforme o Simepar, os termômetros podem marcar 3 graus negativos em Bituruna, Mangueirinha, Palmas, Pinhão, Candói e General Carneiro. Em Pato Branco, Mariópolis, Guarapuava, Mallet, Clevelândia, as temperaturas também ficarão abaixo de zero.