por Ivan Cezar Fochzato/Alencar Pereira

 

Os vereadores de Palmas, sul do Paraná, utilizaram aproximadamente R$ 60 mil em diárias de janeiro a outubro desse ano. É o que mostra o Portal da Transparência que publica os gastos diários da Câmara de Palmas. As diárias são concedidas legalmente aos vereadores e funcionários da Casa para que participem de cursos ou a atos de representação do Poder Legislativo.

 

Os valores estão fixadas em R$ 400 reais para viagens para fora do estado; R$ 300,00 nos limites do Paraná e R$ 150 para deslocamentos regionais, caso não necessite de pernoite.

 

O vereador César Pacheco Batista foi o único a não utilizar as diárias. O presidente da Casa, Cláudio de Oliveira foi o que utilizou a maior quantidade de recursos(R$ 21.200,00).

 

QUADRO

 

Claudio de Oliveira- R$ 21.200
Luis Otávio Sendéski- R$ 13.500
Vilmar Borges– R$ 5.400
Nilo Deitos- R$ 6.100
Leonardo Maito – R$ 11.000
Mikilita – R$ 1.200
Joana Darc Franco de Araújo – R$ 1.200

 

Conforme informações obtidas na Câmara de Palmas, o orçamento prevê a utilização de até 260.000 reais em diárias em 2012. Apesar de a quantidade até o momento representar aproximadamente 23% do valor previsto, já superou  em 20%  todo o recurso utilizado para diárias durante os 12 meses de 2011, quando a Câmara gastou R$ 49.400,00 com as destinações, conforme  publicado no Portal RBJ ainda no ano passado.

A soma de todas as despesas para manutenção e funcionamento da Câmara de Palmas, de janeiro a outubro de 2012, atingem a cifra de pouco mais de R$ 1 milhão de reais. O orçamento do município para 2013 prevê gastos de até R$ 3,8 milhões com o Legislativo Municipal, caso o orçamentode aproximadamente R$ 140 milhões seja executado em sua totalidade a partir da obtenção de todas as verbas previstas, com transferências governamentais e arrecadação.

 

O Portal RBJ buscou junto ao presidente da casa, Claudio de Oliveira,  mais  informações e explicações a respeito dos recursos de diárias, mas até o momento não houve o retorno do contato.