O ex-prefeito de Realeza e ex-funcionário da Casa Civil do Governo Federal Eduardo Gaievski, condenado recentemente a mais de 18 anos de prisão pelos crimes de estupro de vulnerável, estupro presumido e estupro qualificado, foi transferido da Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão.

De acordo com informações, Gaievski foi levado de volta à Casa de Custódia de Curitiba, onde deve aguardar o julgamento de outros 16 processos que responde na justiça, também por crimes sexuais contra adolescentes.

A data da transferência não foi confirmada, a única informação é que o pedido para transferir o ex-prefeito de Francisco Beltrão partiu de seus advogados, por medida de segurança.