Dois trabalhadores ficaram soterrados enquanto trabalhavam em uma obra para escoamento de águas em uma empresa na comunidade de Nova Lourdes, interior de São João, no sudoeste do Estado.

Gilmar Nunes e Ivair Carlos Dalpupo estavam construindo uma galeria quando foram soterrados na vala de aproximadamente quatro metros de profundidade e um metro de largura. O Corpo de Bombeiros de Coronel Vivida foi acionado, mas ao chegar no local constatou que os dois homens já haviam sido socorridos.

Conforme informações de testemunhas, as vítimas não sabiam da existência de outra galeria e a escavação se aproximou a terra cedeu. Os dois foram salvos graças a ação imediata dos demais funcionários que escavaram a terra em poucos minutos. As vítimas foram hospitalizadas em São João.