Mais de 45,4 mil veículos, de todos os gêneros, estão registrados na microrregião de Palmas, Sul e Centro-Sul do Paraná, de acordo com o Denatran (Departamento Nacional de Trânsito). Até esta quarta-feira (14), os cinco municípios que compõem a região receberam cerca de R$ 7,5 milhões por meio do IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores).

A frota veicular de Palmas é de 21.391 automóveis. O município já recebeu R$ 3,8 milhões do IPVA. Deve-se considerar que o imposto incide somente sobre os veículos tributados, excluindo automóveis com mais de 25 anos de fabricação, táxis, veículos adaptados para portadores de deficiência, veículos com potência inferior a 50 cilindradas, máquinas agrícolas, veículos de propriedade dos governos estadual, federal e municipal, pertencentes à instituições educacionais e de assistência social, os quais são considerados não-tributados.

Em Coronel Domingos Soares, são 2.366 veículos. Através do IPVA, foram repassados R$ 295,7 mil. Para Mangueirinha, cuja frota total é de 9.347 veículos, foram R$ 1,5 milhão do IPVA.

Clevelândia recebeu R$ 1,5 milhão, com uma frota total de 9.534. Já em Honório Serpa, com seus 2.834 veículos, o IPVA totalizou R$ 378 mil.

O IPVA é um imposto de responsabilidade do Estado. No Paraná, o valor cobrado equivale a 3,5% do valor venal do veículo. A prefeitura recebe metade do valor pago por cada automóvel registrado no município.