Por Evandro Artuzi 

 

O município de São Jorge D´Oeste recebeu visitantes de toda região sudoeste durante o final de semana.
A cidade foi sede de mais uma edição da Feira Orgânica, evento que tem por objetivo divulgar e fomentar a produção orgânica, através das agroindústrias familiares instaladas no município. A organização da feira foi da Emater/PR e Cajor (Central de Produtores Rurais de São Jorge D´Oeste).
Atualmente, o município conta com 32 agroindústrias que abastecem o mercado do produtor, instalado no centro da cidade. O presidente da Cajor, Gilmar Paixão, ressaltou a importância deste evento na divulgação dos produtos.
A produção orgânica e as agroindústrias familiares são as maiores responsáveis pela renda de muitas famílias no município. Uma delas é do agricultor Arlindo Scussiato, que consegue obter um salário e meio por membro da família. Arlindo destaca a união dos produtores, que optaram pela comercialização dos produtos somente no mercado do produtor.
A produção orgânica alavanca a economia de São Jorge D´Oeste há vários anos, garantiu a prefeita Leila da Rocha (PMDB). Os produtores recebem apoio direto da administração, nas propriedades e na realização da Feira Orgânica.
Em sua passagem por São Jorge D´Oeste, o secretário estadual de agricultura, Noberto Ortigara, afirmou que o Paraná é hoje líder nacional na produção de orgânicos. Entretanto, o governo está discutindo o fortalecimento do setor. De acordo com Ortigara, novos investimentos em pesquisa estão acontecendo.

OUÇA