A Polícia Militar catarinense registrou nesta segunda-feira (05), em Ponte Serrada e Faxinal do Guedes, dois casos de roubo a jóias. Em ambos, os ladrões passaram-se por religiosos, pedindo os objetos, para que fossem benzidos.

Em Ponte Serrada, segundo relato da vítima, pouco antes do meio-dia chegou em sua residência um homem moreno, de baixa estatura, vestindo calça jeans, camisa branca e com cabelo ondulado, dizendo ser membro de uma igreja e que estaria auxiliando um padre na benção de alianças, correntes e outras joias. Acreditando no ladrão, a mulher buscou alguns pertences e entregou-os, na maior boa vontade. Ao retornar para buscar outras peças, o bandido aproveitou e “deu no pé”, levando uma aliança, um anel e duas correntes de ouro.

Em Faxinal dos Guedes, uma idosa de 87 anos foi a vítima do falso religioso. Segundo ela, o homem, com as mesmas características do primeiro caso, disse que era padre e pediu um copo de água. Em seguida, solicitou à senhora que lhe entregasse as joias para que fossem bentas. Em meio à conversa, o meliante empurrou a idosa e tomou-lhe quatro alianças de ouro que a mesma carregava em suas mãos.

A Polícia realizou buscas pela região, entretanto ninguém foi localizado.