por Ivan Cezar Fochzato

 

Foi  velado no Salão do Júri do Fórum da Comarca de Palmas,  nesta quinta-feira(28) o corpo do advogado palmense Joaquim José de Camargo, um dos pioneiros na advocacia no município. Camargo exercia a advocacia desde 1954. Aos 21 anos iniciou sua atuação na comarca de Palmas, sendo um dos primeiros a advogar na cidade.

 

 Dr. Joaquim Camargo, como era conhecido, faleceu aos 82 anos, em Curitiba, nesta quarta-feira (27)., vitima de uma Acidente Vascular Cerebral. Muitas  pessoas da comunidade, advogados, e autoridades do Poder Judiciário em nível local, estadual e nacional visitam o velório do renomado advogado palmense.

 

O presidente do STJ (Supremo Tribunal de Justiça) ministro Ari Pargendler e a desembargadora do TRF (Tribunal Regional Federal) da 3º região, no estado de São Paulo, Dra. Suzana Camargo, filha do advogado, também já chegarampara o velório e sepultamento.

 

O sepultamento do Dr. Joaquim José de Camargo, ocorrereu nesta quinta-feira, no cemitério municipal. A Seccional do Paraná da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) publicou nota de pesar pela morte do advogado palmense, que possuia o registro de Ordem número 9.999.