Aconteceu em Francisco Beltrão, uma exposição de cédulas alemãs do período anterior a Segunda Guerra Mundial. Em bom estado de conservação, as notas pertencem ao Psicólogo, Sérgio Paulo e esteve disponível para visitação no sábado (28), na Livraria Nobel.

O colecionador disponibilizou uma parte de seu acervo, mas afirmou que pretende em outra oportunidade apresentar o restante de sua coleção. “Eu preferi trazer 15 peças, por serem peças que eu considerei serem mais significativas nesse momento. Mas eu também tenho peças húngaras, austríacas, russas e também cédulas do mundo inteiro contemporâneas.”

O psicólogo destacou a importância da mostra para a troca de experiências e reflexões. “Eu acho interessante o oferecimento à esse mundo, que não é apenas da numismática, mas que é o mundo da história, da informação, da troca de experiências. É você ver como o período lidava com certas questões. A própria reflexão psicológica que isso nos propõe, o que passava na cabeça das pessoas quando o dinheiro não valia mais nada? Acho que a proposta da exposição parte desse princípio, de que a gente pode refletir de diversas maneiras inclusive nesse aspecto da economia da psicologia, da história, da própria arte, porque são peças lindíssimas”.