O conceito de inovação, forte tendência em 2018, marcou para sempre a memória dos participantes que prestigiaram na noite de terça-feira, 18 de setembro, na Amsop, o lançamento oficial e comercialização de estandes da Expofeira Mulher de Francisco Beltrão. Discursos breves das autoridades e cenário virtual representando uma floresta, com canto de pássaros e sobrevoos de borboletas nas paredes do auditório, deixaram o ambiente mais agradável. A abertura foi ao encontro do tema da 12ª edição do evento –  “Sustentabilidade, instinto fértil da transformação”.

São esperadas mais de 60 mil pessoas no evento, promovido pela Associação Empresarial (Acefb). A coordenação é do Núcleo da Mulher Empresária de Francisco Beltrão (NMEFB) e parceiros – Núcleo de Arquitetos e Urbanistas (Nudearq), SL Corretores Associados, Sicoob, Marel Design Móbili, Ampernet e Prefeitura.

A feira de cultura e negócios – 3 a 7 de abril, no centro de eventos do parque de exposições Jayme Canet Júnior, tem por objetivo criar um ambiente cultural e comercial capaz de fomentar negócios entre empresas e clientes potenciais que circularão pela feira nos mais diversos segmentos –  Moda, Beleza, Casa & Construção, Eventos, Serviços e Variedades. A entrada será gratuita.

“Agradeço de forma especial à imprensa pela ampla cobertura de nosso evento. Chegamos à 12ª edição graças ao apoio da comunidade e também pela qualidade e credibilidade que o evento tem. É o que nos motiva e nos dá energia para fazermos mais esta edição. Coordenar a organização de um evento como a Expofeira Mulher é um grande desafio, mas ao mesmo tempo uma grande aprendizagem. Tudo que se vive, tudo que se constrói, precisa ser pensado com muita serenidade e acima de tudo contar com várias mãos para que as coisas possam acontecer da melhor maneira possível. Por isso precisamos contar com nossos parceiros e a prefeitura municipal”, disse Marli Kamei de Conto, coordenadora do Núcleo da Mulher Empresária.

  • Compartilhe no Facebook

Marli Kamei de Conto, coordenadora do Núcleo da Mulher Empresária. Foto: Darce Almeida/Acefb

Tarsizio Bonetti, presidente da Acefb, sonha em ver Francisco Beltrão como polo de grandes eventos. “E temos potencial para fazermos eventos de negócios nos fins de semana, assim como acontece em grandes cidades”, observa Tarsizio.

Atrações

Agora, a comissão organizadora prepara uma extensa programação com palestras,  parque de diversões, espetáculos de música e dança, desfiles de moda, talk show, competição de Jeep Raid,  mateada feminina entre outras atrações.  Diferente das edições anteriores, a Expofeira 2019 vem com acréscimo de um dia a mais na programação. De acordo com a comissão, o aumento foi um pedido dos expositores.

Sugestão

Os profissionais do Nudearq preparam um pacote promocional, com valores acessíveis para que os expositores possam transformar seus espaços em ambientes criativos, tornando-os mais agradáveis e confortáveis aos visitantes. Outro projeto idealizado pelos arquitetos são dez miniestandes prontos para o uso, montados com materiais sustentáveis.

Formam o NMEFB 20 mulheres empresárias dos setores do comércio, indústria e serviços. “Estamos pensando em cada detalhe com muito carinho para fazer com que os expositores possam realizar seus melhores negócios, para que os patrocinadores possam ter os melhores resultados de exposição de marca, para que os parceiros possam se sentir parte de tudo que acontece, para que o público visitante seja bem acolhido, encontre muitas novidades e possa se divertir com a gente”, resume Marli.

Prestigiaram o lançamento Antonio Pedron, vice-prefeito de Francisco Beltrão, Antonio Carlos Bonetti, secretário estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (representou o Governo do Paraná), Elenir de Souza Maciel, presidente da Câmara de Vereadores de Francisco Beltrão, Marli Xaves Túrmina, sócia-proprietária da SL e Corretores Associados, Jeferson Leandro Rosset, diretor administrativo e financeiro do Sicoob Vale do Iguaçú, André Behne, gerente de marketing da Marel Design Móbili e Cláudia Belló, presidente do Núcleo da Mulher Empresária de Chopinzinho (representou a Cacispar Mulher).  “Os organizadores foram muito felizes em escolher esse tema [sustentabilidade]. Importante trabalhar no sentido da economia solidária, da logística reversa, dos problemas ambientais do planeta. Infelizmente a maioria tem o costume de “terceirizar” os problemas aos governantes. A mudança está na sociedade, na reflexão ambiental”, acredita Antonio Carlos.

Antonio Pedron acrescenta que “para fazer um evento como a Expofeira é preciso haver muitas articulações públicas e privadas, agindo com lisura, perspicácia e inteligência”. Sobre as transformações que o maior município do Sudoeste do Paraná vem passando, Pedron ressalta: “Vai haver mais transformações e a classe empresarial precisa estar junta com a administração pública”.

Carla Caponi, do departamento de eventos da Acefb, informa que comercialização de espaços vai até o dia 5 de outubro para expositores que participaram da última edição, em 2017. A partir do dia 8 de outubro, a venda de espaços será aberta aos demais empresários. Dúvidas no 3905-1450 ou direto na Acefb.