O ex-prefeito de Abelardo Luz, Oeste de Santa Catarina, Dilmar Antônio Fantinelli, emitiu nota à imprensa na manhã desta quinta-feira (18), posicionando-se sobre decisões judiciais envolvendo sua gestão à frente do município.

+ Poder Judiciário de Abelardo Luz determina bloqueio de bens de ex-prefeito

No documento, Fantinelli afirma que a atual administração do município “distorceu” a decisão judicial “que sequer direcionava-se aos bens do município”.

Aponta que o caso em questão, “em momento algum causou lesão ao patrimônio público, pois os eventos questionados foram realizados, tal qual supostamente ocorreu recentemente com a Expo Soja, através da arrecadação de patrocínios com a iniciativa privada, ou seja, não houve o dispêndio de dinheiro pertencente ao município”.

NOTA À IMPRENSA

Os fatos noticiados pela Administração Municipal utilizando-se da imprensa com caráter eminentemente político, com a total distorção da decisão judicial que sequer direcionava-se aos bens do Município, tanto que por avocação dos autos foi revista de ofício pelo próprio juízo, demonstram preocupação em tentar denegrir a imagem das pessoas.

A atitude também demonstra verdadeira lesão ao erário, pois os envolvidos que passaram o dia construindo uma nota com objetivo politiqueiro, não deveriam no horário de expediente fazer política com dinheiro público, pelo contrário, deveriam estar trabalhando em função do bem do Município e de seu povo.

Por fim, a conduta em momento algum causou lesão ao patrimônio público, pois os eventos questionados foram realizados, tal qual supostamente ocorreu recentemente com a Expo Soja, através da arrecadação de patrocínios com a iniciativa privada, ou seja, não houve o dispêndio de dinheiro pertencente ao Município, por isso, não há que se falar na necessidade de licitação, muito menos em lesão ao erário.

DILMAR ANTONIO FANTINELLI