Uma série de agendas, nesta semana, em Brasília, terá um peso importante para o futuro da região Sudoeste. O deputado Assis do Couto, a Bancada Federal Paranaense, e representantes da AMP (Associação dos Municípios do Paraná) vão conversar com o vice-presidente da república, Michel Temer, com o ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, sobre a tramitação no Senado do Projeto de Lei que cria a Estrada-Parque Caminho do Colono. A construção da Usina Baixo Iguaçu e a duplicação da BR-163 também serão assuntos na pauta desta semana.

A reunião com o vice-presidente da República e com o ministro está marcada para esta quarta-feira (02). A intenção é dialogar sobre a tramitação do PL 7.123/2010, que no Senado leva o número 06/2013. Conforme o deputado Assis, a Comissão de Serviços e Infraestrutura do Senado, onde o projeto está atualmente, precisa encaminhar a matéria à Mesa do Senado para que seja votado o pedido do senador Roberto Requião para a Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional também avaliar o mérito do projeto.

Se na quarta-feira o assunto principal é a tramitação do projeto que cria a Estrada-Parque Caminho do Colono, na quinta-feira (03), a Bancada Federal Paranaense, a AMP, e o deputado Assis vão conversar no DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte) sobre o início da duplicação da BR-163, entre Cascavel e Marmelândia. A previsão do governo federal era que as obras iniciassem ainda no primeiro semestre deste ano. Como a obra não começou, o grupo de autoridades vai pedir prioridade ao DNIT para as ações de duplicação da pista.

Não menos importante, a construção da Usina Hidrelétrica de Baixo Iguaçu também será o assunto principal de uma reunião do grupo no ICMBIO (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade). A reunião será com o substituto do presidente do instituto, Marcelo Marcelino, e as condicionantes impostas à execução da obra será a tônica da conversa.

“Esta é uma semana muito importante para nosso mandato. Alguns dos principais assuntos que acompanhamos aqui em Brasília estarão em pauta. Então, que as pessoas do Estado possam acompanhar os resultados dessas reuniões. O mandato utiliza de vários meios de comunicação para dar transparência as nossas ações, tanto em Brasília quanto no Estado. Os conteúdos com o resultado das reuniões serão publicados tanto na nossa página na internet, quanto nas páginas do mandato nas redes sociais”, convida o deputado Assis.