por Ivan Cezar Fochzato

 

Depois de ser anunciada a construção da nova Escola Senhorinha Miranda Mendes e também de uma escola na Vila Rural, agora a Escola Estadual Quilombola Maria Adelaide Ferreira, terá sua estrutura própria, a partir da aquisição de um terreno por parte do município numa com área de 8.496,19 metros quadrados, localizada no Bairro São Sebastião do Rocio. O valor investido na aquisição será de R$ 200 mil reais. O projeto arquitetônico já foi concluído e a construção se dará em breve.

 

O terreno será repassado ao patrimônio do estado e a verba para a construção será disponibilizada pelo governo federal através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Ao finalizar a diretora parabenizou a administração pelo empenho e o bom senso de fazer a aquisição do terreno.

A primeira escola quilombola criada no Paraná funcionava em local improvisado de propriedade do município e já não atendia mais a demanda existente. A Diretora do Colégio Estadual Quilombola, professora Ana Dalla Giacomassa Oliveira destacou que que a luta por parte da comunidade e dos membros do colégio para a construção vinha desde 2009. “Essa conquista é de extrema necessidade, pois a atual estrutura não tinha as mínimas condições para que os alunos, aproximadamente 180 pudessem ter um ensino de qualidade”, frisou a diretora.

 

Em todo o Estado existem duas escolas quilombolas, uma em Adrianópolis e outra em Palmas. Essas instituições de ensino têm o objetivo de manter a cultura e as tradições dos afro-descendentes.