Antonio era casado e pai de um menino de 4 anos. Foto: Reprodução Facebook
  • Compartilhe no Facebook

Antonio era casado e pai de um menino de 4 anos. Foto: Reprodução Facebook

Uma colisão frontal no início da manhã desta quarta-feira (15) em Candói, centro sul do Estado, provocou a morte de um Engenheiro Civil de Francisco Beltrão. Reinaldo Antônio de Oliveira, 45 anos, dirigia um Astra com placas de Francisco Beltrão. O carro bateu de frente com uma carreta de Chopinzinho.

A batida aconteceu próximo da Praça de Pedágio, entre Candói e Guarapuava, por volta das 06h30 da manhã. Com o impacto, o motorista do carro morreu na hora. O corpo dele foi recolhido ao IML de Guarapuava, após perícia realizada pela Criminalística.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) registrou a ocorrência, no entanto as causas do acidente não foram reveladas. A única informação é de que o Astra seguia sentido Candói/Guarapuava e teria rodado na pista, indo de encontro com o caminhão que fazia o sentido oposto.

Antonio era proprietário da empresa R2 Engenharia de Francisco Beltrão, cujo escritório fica na Avenida Cristo Rei, próximo do 16º Esquadrão de Cavalaria Mecanizado. Além da profissão, também ocupava seu tempo na fabricação de cerveja artesanal. Era casado e pai de um menino de 4 anos.

Fotos: Divulgação PRF