Francisco Beltrão, no sudoeste do Estado, iniciou em junho mais uma turma do Programa Varejo Mais – Mais Vendas, Mais Competitividade, desenvolvido pelo Sebrae/PR e Sistema Fecomércio Sesc Senac PR, voltado para micro e pequenas empresas que atuam no comércio varejista. O grupo de 21 empresas de Francisco Beltrão estreia um novo formato do Programa, que terá dois anos de duração, 157 horas de capacitação, 41 horas de consultorias e novidades como o coaching. No Município, a iniciativa conta com o apoio do Sindicato do Comércio Varejista de Francisco Beltrão (Sindicom).

O consultor do Sebrae/PR, Sabino Oltramari, explica que, após 10 anos de sucesso, o Varejo Mais neste ano vem com uma “nova roupagem”. A nova metodologia passa a ser desenvolvida em dois anos e, além de manter a essência do Programa, amplia com soluções para atender com mais eficiência as necessidades do varejo paranaense.

“São soluções que acompanham o dinamismo do mercado, como as capacitações e consultorias voltadas para a gestão de equipes, mercado digital, excelência na gestão e gestão por indicadores e processos. Isso opera no aumento da competitividade do comércio varejista de bens e serviços, por meio da profissionalização da gestão e do desenvolvimento de pessoas”, completa Oltramari.

O empresário André Marcel Baixer, proprietário de uma loja de colchões, conta que está participando do Programa para buscar novos conhecimentos e inovar no negócio, tendo como foco o aumento da competitividade e lucratividade da empresa.  “O Varejo Mais tem credibilidade e agora traz uma programação ainda mais completa para empresas do setor e é o que esperamos em participar pela primeira vez, ter resultados na empresa”, projeta.

O assessor da presidência da Fecomércio, Paikan Salomon de Mello e Silva, detalha que este novo modelo do Varejo Mais está sendo aplicado em apenas cinco cidades do Estado e comenta a receptividade dos empresários de Francisco Beltrão. “O Varejo e outros programas, como o de Revitalização de Espaços Comerciais em Francisco Beltrão, sempre apresentaram resultados e tornam-se referências. Mais uma vez, estamos trazendo soluções para o fortalecimento do comércio varejista e contamos com a participação dos empreendedores”, destaca.

Paikan cita, entre as novidades do Programa em 2015, consultoria em coaching, ferramenta utilizada para aumentar a capacidade gerencial e empreendedora do proprietário da loja e a criação do Selo de Excelência em Qualidade para o Varejo. “As empresas de Francisco Beltrão poderão conquistar o selo de excelência, que será concedido através de diagnósticos e consultorias, para aquelas que alcançarem um patamar mínimo de referência em gestão”, salienta.

Elizete Gonçalves, gerente comercial de uma loja de materiais elétricos, comenta que a empresa já participou de outra edição do Varejo Mais em Francisco Beltrão e obteve resultados principalmente em questões como gestão e layout de loja. Agora, com uma metodologia diferenciada, acredita que será ainda mais estratégico para o negócio. “O primeiro foi bom, agora tende a ser melhor, pois terá mais horas de consultorias dentro da empresa e coaching, além dos conteúdos já tradicionais que referenciam o Programa”, completa Elizete.