Vilson Roque Zanetti, 46 anos. Foto: reprodução Facebook
  • Compartilhe no Facebook

Vilson Roque Zanetti, 46 anos. Foto: reprodução Facebook

O sossego da cidade de Saudade do Iguaçu, Sudoeste do Estado, foi interrompido na tarde deste sábado (21). Por volta das 18 horas, a Polícia Militar registrou um homicídio no centro da cidade. O empresário Vilson Roque Zanetti, 46 anos, dono de uma loja de móveis, foi morto a tiros.

Segundo informações, ele saia de uma sorveteria e seguia em direção ao seu veículo, quando foi atingido por um tiro, disparado por um homem que estava com um Gol, com placas de Rio Bonito do Iguaçu. A vítima tentou correr, mas foi perseguida e atingida por mais alguns disparos, entrando em óbito no local. O atirador fugiu.

A Polícia Militar isolou a cena do crime para perícia da Criminalística, que contabilizou nove perfurações no corpo. A princípio, dois tiros acertaram a cabeça e os demais outras regiões do corpo. Ainda foi verificado que os tiros partiram de armas de dois calibres.

A Polícia Civil já iniciou a investigação para apurar o crime. O carro utilizado pelo suspeito foi encontrado incendiado, no Assentamento Ireno Alves dos Santos, em Rio Bonito do Iguaçu. O corpo do empresário foi recolhido ao IML de Pato Branco.

Vilson Zanetti era bastante conhecido em Saudade do Iguaçu e outros municípios da região. Já teve problemas com a justiça, principalmente por posse de armas. Em outubro de 2016 chegou a ser preso pela Polícia Federal e permaneceu alguns dias detido.

Vilson teve nove perfurações pelo corpo, segundo a Criminalística. Foto: Jaime Antonio Klassen
  • Compartilhe no Facebook

Vilson teve nove perfurações pelo corpo, segundo a Criminalística. Foto: Jaime Antonio Klassen