Por: Francione Pruch
 

À tarde do último sábado (08) foi de festa na paróquia São Francisco de Assis em Chopinzinho. Desde as primeiras horas do dia 08, várias pessoas preparavam os detalhes finais para a ordenação do então diácono Claiton Boschi. A celebração que iniciou às 17 horas reuniu familiares, amigos e comunidade que prestigiou cada emoção da missa, a qual foi ordenada pelo Bispo da Diocese de Palmas e Francisco Beltrão, Dom José Antonio Peruzzo.


Há 12 anos quando estava trabalhando na paróquia de Chopinzinho, frei José Idair, lembra que após a celebração de uma missa fez o convite ao jovem Claiton, convidando-o para ingressar no seminário, “num domingo de páscoa, eu celebrava na comunidade de Lagoão, onde ele fazia patê com sua família, e me lembro dele ter feito os comentários da missa, e fez tão bem que depois da missa, quando sai para ir embora, ele estava em cima da caminhonete de seu pai, lembro de ter perguntado a ele, não gostaria de ir para o seminário? E eu não lembro qual foi à resposta que ele teria dado, só sei que na sequência ele fez o encaminhamento aqui com frei Lindolfo, na época que trabalhavam comigo e a partir daí ouve todo um deslanchar”.


Colega no seminário, Vagner Raitz, se tornou grande amigo de Claiton durante sua caminhada, “para mim é uma alegria muito grande, celebrar este momento, mas que um padre que vem somar força no presbitério diocesano, para mim é porque um colega da minha turma está chegando à ordenação. Iniciamos a nossa caminhada juntos no ano de 2002, foi à primeira turma do seminário Propedêutico Jesus de Nazaré em São João. Depois caminhamos juntos filosofia, teologia e hoje estamos em sua ordenação”.


Feliz por tudo o que estava acontecendo, padre Claiton, diz que essa caminhada exige esforço, “o chamado de Deus é algo irresistível quando toca o nosso coração. Por isso servindo a Deus, creio que estarei servindo também aos irmãos e irmãs. Este chamado exige dedicação, esforço, por isso até meu tema contempla o amor que dá a vida, é o amor que pretende o maximo na doação, na escuta, diálogo, compreensão e na espiritualidade acima de tudo”.


Para o Bispo Dom José Antonio Peruzzo, essa foi a 31º ordenação realizada nesses seis anos que está à frente da Diocese de Palmas e Francisco Beltrão, “nos seis anos que estou aqui já ordenei 31 padres. Não se pode negar que Deus olha com carinho para nossas famílias, para nossa gente, para esse povo”.


A primeira missa feita pelo jovem padre Claiton Boschi, aconteceu neste domingo (09) às 10 horas na comunidade da Campina, interior de Chopinzinho.