por Ivan Cezar Fochzato

 

As editorias de cobertura política do senado voltaram a enfatizar nesta quarta-feira(02) os embates entre os senadores Alvaro Dias (PSDB) e Gleisi Hoffmann (PT) durante as sessões do Congresso Nacional.Ganhou repercussão a discussão entre ambos na sessão de ontem(19) houve novo bate boca entre os parlamentares.
Neste novo episódio o senador Álvaro Dias foi à tribuna para comentar uma reportagem de uma revista de circulação nacional sobre a indicação do ministro do Superior Tribunal de Justiça César Asfor Rocha para o Supremo Tribunal Federal. Álvaro falou que o Senado não poderia “ignorar um fato de tal gravidade”.
Foi interrompido pelos colegas Pedro Taques (PDT-MT) e, posteriormente, por Gleisi, que disse a ao senador do PSDB que uma de suas maiores atribuições era “ler reportagens”

 

Na manhã desta quarta-feira (20) a senadora durante entrevista ao Programa Dinâmica 1050 da Rádio Club explicou os constantes embates entre os dois parlamentares. Disse que seu objetivo é fazer um contraponto político, pois o senado é um espaço de debates. Disse que o senador sempre vai a tribuna, vai ao plenário fazer críticas, fazer denúncias ao governo muitas vezes desprovidas de provas.
Na Legislatura passada ele falava muito e não era rebatido e muitas coisas passavam como verdadeiras, disse a Senadora e “nós temos que ter direito de explanar nosso ponto de vista, fazer a defesa do governo, fazer um bom debate, isso é um efeito da democracia”, disse Gleise. Confira em  áudio.

 

DISCUSSÃO DE ONTEM(19)- (Transcrito pela Gazeta do Pov)

 

Gleisi – Estou chegando à conclusão aqui, Senador Alvaro Dias, que uma das suas maiores atividades como Senador é ler os jornais e as revistas deste País, porque toda semana V.Exª vem a este plenário, sobe à tribuna…

Alvaro – Também isso.

Gleisi -…ou está nesta Bancada e sempre fala sobre uma reportagem. As suas denúncias bombásticas são basedas nas reportagens a que o senhor se refere.

Alvaro – Não estou fazendo denúncia alguma, Senadora.

Gleisi – Sim

Alvaro – V.Exª deve respeitar o seu interlocutor.

Gleisi – Eu estou respeitando.

Alvaro – V.Exª não venha com a pretensão de diminuir quem faz oposição nesta Casa com decência e com dignidade. Se V.Exª quer apartear, o faça, mas com o necessário respeito.

Gleisi – Eu estou fazendo com respeito. Se não respeitasse, não faria o aparte.

Alvaro – A voz de V.Exª é delicada, mas o teor que expõe através… Se V. Exª quiser apartear com respeito, V. Exª terá aparte.

Gleisi – Estou aparteando e com muito respeito. Quero dizer a V. Exª que tudo o que o Senhor fez aqui, desde que iniciou a sua fala, foi um juízo de valores. V. Exª começou julgando o Presidente Lula, fazendo ilações sobre uma matéria que disse, que alguém disse, que outro disse. Não há qualquer prova no material que V. Exª leu. Por diversas vezes, V. Exª se dirige a este Plenário, a esta tribuna, para fazer denúncias sem provas concretas. V. Exª está lidando com a vida e com a honra das pessoas. Peço a V. Exª que tenha mais responsabilidade quanto a isso e o faça com muito respeito. V. Exª pare realmente de ter juízo de valores.

 

Alvaro – Quero agradecer aos ensinamentos sábios da Senadora Gleisi. Ela vem ao Senado para aconselhar os seus Colegas Senadores. Quero dizer que dispenso os seus conselhos. Obviamente, todos que estão prestando atenção na minha fala estão verificando que estou tendo o cuidado de repetir até que não estou fazendo juízo de valor. Agora, para ela, faço juízo de valor. É um problema dela. Não faço juízo de valor; apenas relato um fato que é público, notório, da responsabilidade das autoridades públicas deste País, que não pode ser ignorado não só pela Oposição, mas pela instituição Senado Federal. Aqui, Ministros são sabatinados. Temos a responsabilidade, sim, de esclarecer denúncias.