Em Porto Barreiro, no centro sul do Paraná, uma briga de casal resultou em uma situação bem inusitada. A Polícia Militar local foi acionada para verificar uma situação de violência doméstica onde a vítima, uma mulher, chegou gritando em frente ao destacamento policial com sinais de embriaguez dizendo que teria sido agredida pelo marido.

A equipe chegou até a residência do casal e em contato com o marido da suposta vítima, este informou que estava acontecendo uma festa em sua casa e que a mulher teria bebido demais e ficando muito alterada.

Durante a conversa entre o marido com os policiais, a mulher novamente ficou alterada e tentou tumultuar para cima dos PMs dizendo que teria que ajudá-la a retirar suas crianças da residência.

Segundo o relato registrado no Boletim de Ocorrência, o marido a princípio não permitiu a entrada dos policiais na residência dizendo que a equipe não possuía mandado. Foi então solicitado o apoio da PM de Laranjeiras do Sul. Após este momento, o homem permitiu a entrada dos policiais.

Diante da situação foi acionado o Conselho Tutelar e todos levados para a 2ª SDP da Polícia Civil de Laranjeiras do Sul para os procedimentos cabíveis.