por Ivan Cezar Fochzato

 

Foi realizada ontem (17), a eleição dos novos membros do Conselho Tutelar de Palmas.Desde que foi instituído o órgão, foi a primeira vez que a escolha ocorreu de forma indireta.

Representantes de vinte entidades, governamentais e não governamentais, fizeram a escolha dos cinco membros que assumirão a partir de janeiro. Concorriam vinte e quatro candidatos. A eleição ocorreu na Câmara de Vereadores.

 

ELEITOS

 

Nelson Roberto Foltz, com 11 votos;
Dilma Stalschimidt dos Reis, 14 votos;
Gilmar Gubert de Oliveira, 10 votos;
Sérgio Cruz dos Passos, 07 de votos

Evaldina Aparecida Fortes -07 votos

 

A escolha indireta dos conselheitos ocorreu  por mudanças na legislação muncipal. O objetivo foi motivada por problemas verificados em pleitos anteriores, em que a busca por uma das vagas ocorria até mesmo através de compra de votos, troca de favores, práticas consideradas pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente incoerentes com a relevância da função de Conselheiro.

 

A disputa acirrada, verificada em períodos anteriores, era motiva pelo  valor pago como salário para o cumprimento da função, uma vez que Palmas paga um dos melhores salários da região, um valor de 2 mil e 500 reais mensais.