A eleição da mesa diretora da Câmara de Vereadores de Rio Bonito do Iguaçu, no centro Sul do Estado, para o biênio 2019/2020 foi marcada por muita confusão e troca de acusações. Duas chapas se inscreveram para a disputa, sendo vencedora a chapa, encabeça pelo vereador Irineu Ferreira Camilo, com Milton Rodrigues da Silva de vice e na primeira e segunda secretaria, Luiz Fernando Moreira e Edson Rodrigo Camargo, respectivamente. A disputa foi com o vereador Gilvan José Koten de Oliveira, que encabeçou a chapa 1.

Assim que saiu o resultado, os ânimos se exaltaram no local. Vereadores e algumas pessoas que estavam no plenário trocaram acusações e partiram para agressões físicas. A Polícia Militar foi acionada e precisou intervir para acalmar os ânimos. Agressões, tapas, chutes e empurrões qual envolveu o presidente que está deixando o cargo, o vereador Milton Rodrigues tentou separar os brigões, além do vereador Fernando Moreira e outras pessoas, inclusive alguns familiares do último vereador citado.

O quebra pau começou após uma mulher não identificada chamar um dos vereadores de “vendido” e dizer que ele era “vergonha da família”. A eleição da atual mesa da Câmara de Vereadores já estava tensa e cheia de articulações políticas desde a semana passada afim de criar-se uma oposição à Administração do atual prefeito Ademir Fagundes (Gaúcho) – pois ele não possui vice que é falecido. Corre pela cidade conversas que há interesses de alguns vereadores em tentar ocupar o cargo do Executivo antes das eleições de 2020.

A eleição da mesa da Câmara teria sido resultado pelo prefeito não ter cedido algumas exigências dos vereadores envolvidos na confusão e que assim votaram a favor da chapa de oposição a atual Administração.

Vídeo da confusão: Imagens reproduzidas via WathsApp 

Eleição da nova mesa diretora termina em pancadaria na Câmara de Rio Bonito do Iguaçu

A eleição da nova mesa diretora da Cãmara de Vereadores de Rio Bonito do Iguaçu não terminou em festa. Muito pelo contrário, após a votação houve troca de acusações entre vereadores e algumas pessoas que acompanhavam a sessão. A cena de pancadaria foi registrada por membros do plenário. Imagens: Divulgação WhatsApp

Posted by Extra 107 on Monday, December 10, 2018